PSB40 - Santa Catarina | Partido Socialista Brasileiro

Claiton Salvaro assume com a proposta de ser renovação na política

21.01.2015
Miriam Zomer/Agência AL

Com a proposta de ser uma renovação na política catarinense, o administrador Claiton Salvaro, assumirá no próximo dia 1º de fevereiro, pela primeira vez, uma cadeira na Assembleia Legislativa. O novo parlamentar recebeu 14.986 votos na eleição de 5 de outubro passado e se elegeu pela média de votação, conquistando uma das duas vagas do PSB na nova legislatura, pela Coligação Coragem para Mudar, formada por PSB-PPS-PTC-PHS-PSL-PTdoB-PRTB-PTN-SD.

Esse será, também, o primeiro cargo eletivo ocupado por Salvaro, que é primo do ex-deputado estadual e ex-prefeito de Criciúma Clésio Salvaro. O novo deputado tem como base eleitoral a cidade de Urussunga, mas pretende atuar na Assembleia como um representante do Sul do estado.

“Em 2013, fui convidado pelo deputado federal Paulo Bornhausen para organizar o PSB na minha região e apareceu a oportunidade de disputar essa vaga para a Assembleia. Dentro de um projeto de renovação na política, decidi participar da eleição”, explica Salvaro.

O pessebista afirma que fez uma campanha sem promessas, com o compromisso principal de renovar a política. “Foi uma campanha limpa e justa. Meu objetivo é fazer um trabalho árduo, de fiscalização e busca de recursos para a região, sempre visando ao bem-estar da população”.

Salvaro pretende atuar em todas as áreas na Assembleia, mas elege a educação como uma das principais. “Tenho carinho por todas as áreas, em especial pela educação. Queremos lutar por educação de qualidade, em tempo integral, com melhores condições para os professores. A saúde também está entre as nossas preocupações”, afirma.

Claiton Salvaro Brolessi nasceu em 19 de março de 1975, em Criciúma. Sempre esteve envolvido nos bastidores da política, acompanhando o tio Henrique Salvaro. Em 2000, candidatou-se a vereador em Urussanga, mas não se elegeu. Em 2013, reorganizou o PSB na região e tornou-se candidato a deputado estadual no ano passado.

Fonte: Marcelo Espinoza/AGÊNCIA AL
Link de origem